Bloco Do Prazer

Meu Nome E Gal - O Melhor De Gal Costa, 3 minutes

Bloco Do Prazer
  • Bloco Do Prazer

Lyrics

Gal Costa

Pra libertar meu coração
Eu quero muito mais
Que o som da marcha lenta
Eu quero um novo balancê
O bloco do prazer
Que a multidão comenta
Não quero oito nem oitenta
Eu quero o bloco do prazer
E quem não vai querer?
Mamãe mamãe eu quero sim
Quero ser mandarim
Cheirando gasolina
Na fina flor do meu jardim
Assim como o carmim
Da boca das meninas
Que a vida arrasa e contamina
O gás que embala o balancê
Vem, meu amor feito louca
Que a vida tá pouca
E eu quero muito mais
Mais, que essa dor que arrebenta
A paixão violenta
Oitenta carnavais
Vem, meu amor feito louca
Que a vida tá pouca
E eu quero muito mais
Mais, que essa dor que arrebenta
A paixão violenta
Oitenta carnavais
Pra libertar meu coração
Eu quero muito mais
Que o som da marcha lenta
Eu quero um novo balancê
O bloco do prazer
Que a multidão comenta
Não quero oito nem oitenta
Eu quero o bloco do prazer
E quem não vai querer?
Mamãe mamãe eu quero sim
Quero ser mandarim
Cheirando gasolina
Na fina flor do meu jardim
Assim como o carmim
Da boca das meninas
Que a vida arrasa e contamina
O gás que embala o balancê
Vem, meu amor feito louca
Que a vida tá pouca
E eu quero muito mais
Mais, que essa dor que arrebenta
A paixão violenta
Oitenta carnavais
Vem, meu amor feito louca
Que a vida tá pouca
E eu quero muito mais
Mais, que essa dor que arrebenta
A paixão violenta
Oitenta carnavais

Written by PIRES, ANTONIO / JUNIOR, FAUSTO
Published by Warner/Chappell Music, Inc., EMI Music Publishing, Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics Provided By LyricFind Inc.

Chat About Bloco Do Prazer by Gal Costa